Câmara de Âmbar

 Do russo Янтарная комната Yantarnaya komnata, é uma decoração de painéis em Âmbar e espelhos folheados a ouro pertencente ao Palácio de Catarina, que viveu nos idos de 1716, próximo a São Petesburgo.

 O projeto original continha mais de seis toneladas de âmbar, cobrindo mais de 55 m².

Em 1941 a Câmara de Âmbar foi pilhada pelos nazistas durante a Segunda Guerra, sendo transferida para Konigsberg. No caos que se seguiu ao final do conflito, a decoração foi novamente desmontada, e seu paradeiro permanece desconhecido até os dias de hoje.

 Em 2003 após décadas de trabalho de artesãos russos, o cômodo foi reinaugurado no Palácio de Catarina.

Em 2015,  Karl-Heinz Kleine, diz ter encontrado, na zona industrial de Ruhr, na Alemanha, o destino de “O Salão de âmbar”, que estaria enterrada em uma câmara oculta, debaixo da cidade de Wuppertal. Mas até hoje não se sabe da veracidade dessa informação.