Uso e segurança

 

Nossos colares infantis têm no máximo 33 cm, dificilmente se prende a alguma coisa ou os bebês conseguem leva-lo à boca. Entre cada conta existe um nó, para que se houver um acidente e o cordão se partir somente irá cair uma conta.



            
            

 

Não temos conhecimento de nenhum acidente com colares de âmbar.

Porém recomendamos a retirada para dormir, pois é um longo período sem supervisão de um adulto.     




           
            

 

Sempre ressaltamos que o colar/ pulseira/ tornozeleira não devem ir a boca dos bebês, isso não aumenta sua ação, além da conta poder quebrar.